Como se preparar para a sua primeira vez
Saúde da Mulher

Como se preparar para a sua primeira vez

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter

Diferente do que acontece com os homens, as mulheres acabam se sentindo muito pressionadas com a ideia da primeira vez.  O medo da dor, da exposição e de uma possível gravidez assustam toda menina que já esteja pensando nisso.  Mas, fique tranquila! Isso não é nenhum bicho de sete cabeças e, na maioria das vezes, acaba acontecendo naturalmente e sem metade dessas neuras que criamos.

Para ficar mais relaxada e livre dos tabus, vamos te dar algumas dicas que você precisa saber antes da primeira vez, para que ela aconteça do melhor jeito possível.

Cada uma tem seu jeito na primeira vez


É normal pedir ajuda para aquela amiga de confiança que já perdeu a virgindade, mas não se iluda, porque cada organismo reage de um jeito e a sua experiência, provavelmente, será diferente da dela. Além disso, não sinta receio quando alguém te disser que precisa acontecer com a pessoa certa; isso é relativo e a pessoa certa pode ser um namorado, ou não! No geral, busque ter essa experiência com alguém que faça você se sentir segura. Se for seu namorado, que bom, se não for, está tudo bem também.

Tenha calma


O nervosismo, o rompimento do hímen e a falta de lubrificação podem ser grandes inimigos de uma primeira vez livre de dor. Ao contrário do que muita gente pensa, a dor e o sangue não são características obrigatórias desse momento. Tente ficar tranquila; lembre-se que esse momento é normal na vida de qualquer garota. Outra coisa que ajuda bastante são as preliminares, já que são elas as  responsáveis por gerar lubrificação na região.

Sem grandes expectativas


Sua primeira vez pode ser incrível, prazerosa e romântica; mas também pode não ser! Por isso, evite criar muitas expectativas em torno desse momento. A falta de experiência pode gerar momentos desconfortáveis e até mesmo engraçados. O segredo é tentar levar as coisas na esportiva, sempre vendo o lado positivo.

Encontre um método contraceptivo


Quando decidir que está pronta para esse momento, fisicamente e mentalmente, procure consultar um médico ginecologista para, com a ajuda dele, descobrir o melhor método contraceptivo para você. A camisinha é necessária e indispensável, pois só ela nos protege das doenças sexualmente transmissíveis, mas que tal associá-la à outro método para ter dupla proteção?!

No caso de meninas mais novas, a melhor opção é fugir do uso precoce e exagerado de hormônios. Uma opção não hormonal e extremamente eficaz é o DIU de Cobre, que inserido na cavidade uterina, pode agir por até 10 anos!!!

Agora que você já sabe as melhores dicas sobre esse assunto, basta viver o momento!

Use proteção e aproveite.

 

Nos encontramos na semana que vem! ;)

 

linha

Relacionados

linha