O DIU de Cobre interfere nas doenças sexualmente transmissíveis?
DIU de cobre

O DIU de Cobre interfere nas doenças sexualmente transmissíveis?

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter

O DIU de Cobre oferece até 99,4% de contracepção para as mulheres. Apesar disso, muito se questiona sobre sua eficiência contra infecções e doenças sexualmente transmissíveis.
Infelizmente, o dispositivo intrauterino, assim como a maioria dos outros contraceptivos não age impedindo o contágio de doenças transmitidas pelo sexo.

Para saber como se proteger da maneira correta, confira a seguir as nossas dicas! 

O que são infecções e doenças sexualmente transmissíveis?


As Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) são inevitavelmente geradas por Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). Mas, nem toda IST causará uma doença mais séria.
Essas infecções podem ser causadas por vírus, protozoários e bactérias, sendo majoritariamente transmitidas pelo contato sexual.
Apesar disso, existem alguns casos em que as IST’s e DST’s podem ser transmitidas apenas pela troca de sangue, secreções e até mesmo pelo parto. 

Qual a interferência do DIU nas DST’s e IST’s


O DIU de Cobre é um dispositivo, envolto neste material, que trabalha impedindo a fecundação dos óvulos da mulher.
Acontece que, por não ser uma barreira efetiva no canal de entrada da contaminação, ele e grande parte dos contraceptivos não conseguem impedir o contágio dos microorganismos.
É importante lembrar que apesar de não oferecer proteção contra DST’s e IST’s, o DIU de Cobre também não facilita o contágio. Digamos então que ele é um elemento neutro nessa situação.

Se proteja de doenças e infecções


A única proteção efetiva para a as infecções e doenças sexualmente transmissíveis continua sendo a camisinha, seja ela feminina ou masculina.
Por isso, mesmo que esteja fazendo uso de um método contraceptivo, não exclua a camisinha da jogada! Ela é imprescindível para que você continue segura em todas as relações sexuais.
Caso tenha um parceiro fixo, é válido que conversem e façam exames de carga viral ao menos uma vez no ano, apenas para garantir a segurança de ambos. 
Se tenho uma IST ou DST, devo tirar DIU?

A resposta para essa pergunta é não!
Até onde se sabe, o DIU de Cobre não tem interferência na saúde da mulher portadora infecções e doenças sexualmente transmissíveis.
No entanto, é importantíssimo que a paciente procure sempre orientação do ginecologista de confiança, pois apenas o especialista pode avaliar as melhores opções para você.

Com prevenção e responsabilidade, todas podemos nos manter bem longe das infecções e doenças sexualmente transmissíveis. 

Continue ligada nos sinais do seu corpo 😉.
Até a próxima semana!

linha

Relacionados

linha