Os maiores mitos sobre o DIU de Cobre
DIU de cobre

Os maiores mitos sobre o DIU de Cobre

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter

O dispositivo intrauterino (DIU de Cobre) faz parte hoje da vida de muitas mulheres. A eficácia do método anticoncepcional é tão grande que até celebridades adotaram este estilo de vida. Apesar do uso aumentar gradualmente entre as mulheres em idade fértil,  ainda existem muitos mitos que envolvem o pequeno dispositivo, o que provoca desconfiança por boa parte delas.

A internet virou um dos principais meios de informação. Em contrapartida, em alguns casos, as pessoas utilizam deste meio para propagar notícias e informações falsas, inclusive sobre a saúde pública. Por essa razão, neste artigo desvendamos alguns mitos que envolvem o DIU de Cobre.

Conheça os maiores mitos sobre o DIU de Cobre


 

O DIU aumenta as chances de infecção na mulher


No passado, este método realmente apresentava alguns riscos de infecções. No entanto, com os avanços de pesquisas e estudos, tornou-se o mais eficaz e seguro entre os métodos anticoncepcionais. Em estudo publicado, concluiu-se, por exemplo, que os riscos são mínimos.

 

Mulheres que nunca tiveram filhos não podem colocar o DIU de Cobre


Existe este mito porque algumas pessoas acreditam que o DIU de Cobre interfere na fertilidade da mulher. Pelo contrário, a mulher tem a liberdade de engravidar assim que retirar o dispositivo.

O exemplo público mais recente é o da apresentadora Sabrina Sato, que usava o DIU, e anunciou a gravidez pouco tempo depois de retirar o dispositivo intrauterino.

Qualquer mulher, independentemente se já teve ou não filhos, pode implantar o DIU de Cobre.

 

O DIU é abortivo


Infelizmente, devido à falta de informação algumas pessoas acreditam que qualquer método contraceptivo é abortivo. Na verdade, a função dele é justamente evitar a junção do óvulo e do espermatozóide, ou seja não há fecundação.

Assim como os outros métodos contraceptivos, o DIU de Cobre tem a função de evitar a fecundação. Ele, por sua vez, possui vantagens e benefícios em relação aos demais. Conheça os benefícios que toda mulher quer ter.

 

O DIU de Cobre atrapalha a relação sexual


Este talvez esteja entre os principais mitos sobre o dispositivo intrauterino. Boa parte das mulheres têm medo do DIU de Cobre incomodar na hora do sexo. A verdade é que o método anticoncepcional não incomoda nem atrapalha a relação sexual nem o prazer da mulher.

 

Mulheres com doenças não podem usar o DIU


Há poucas contraindicações quanto à implantação do DIU de Cobre. Isso não quer dizer que mulheres com diabetes, doença cardíaca valvular, câncer de mama e outras doenças crônicas não possam usar. Nesses casos, o ideal é procurar a orientação médica.

 

O DIU de Cobre é um método anticoncepcional caro


Na ponta do lápis, o DIU de Cobre é o método anticoncepcional mais barato em relação aos outros. O dispositivo pode ficar de 5 a 10 anos no útero, tornando-se a opção bem mais barata a longo prazo. Além disso, o DIU de Cobre está disponível gratuitamente no SUS ou pode ser inserido também gratuitamente através de qualquer plano de saúde.

linha

Relacionados

linha