Endometriose: saiba se o DIU de cobre causa essa doença
Saúde da Mulher

Endometriose: saiba se o DIU de cobre causa essa doença

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter

Cólicas intensas fora do comum podem significar muito mais que uma simples TPM (tensão pré-menstrual). A endometriose atinge milhões de mulheres no Brasil, sendo uma das principais preocupações da saúde feminina. Esta doença ocorre quando o endométrio, tecido que reveste o útero, cresce para fora do órgão. Com isso, os fragmentos vão parar no ovário, nas trompas e em regiões vizinhas, causando dor e desconforto.

Além das dores intensas, a endometriose aumenta a chance de câncer de ovário, considerado pelo Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca) o tumor ginecológico mais difícil de ser diagnosticado e o de menor chance de cura. Segundo a Associação Brasileira de Endometriose, a endometriose afeta entre 10% e 15% das mulheres em idade reprodutiva (13 a 45 anos), além de 30% ter chance de ficarem estéreis.

Fatores de risco



  • Alterações no útero

  • Estresse

  • Má alimentação

  • Ter filhos depois dos 30 anos


O diagnóstico da endometriose ocorre na primeira menstruação da mulher. O ginecologista deve ficar atento à intensidade das cólicas da paciente. Sendo assim, o profissional precisará se as dores estão além do normal e, consequentemente, solicitará exames. Quanto mais rápido o diagnóstico, menor o risco da doença progredir.

Os principais sintomas da endometriose são



  • Cólica intensa mesmo fora do período menstrual

  • Dor intensa ao urinar

  • Dor durante ou após o sexo

  • Menstruação irregular

  • Dificuldade para engravidar

  • Intestino preso ou solto demais


As causas da endometriose


A medicina ainda não encontrou uma causa clara para a endometriose, porém alguns fatores, como começar a menstruar muito cedo, atrasar a gravidez até uma certa idade, nunca ter dado à luz e experimentar a menopausa mais tarde, podem aumentar o risco.

Pesquisas informam que 20% a 50% das mulheres que são tratadas por infertilidade têm endometriose.

Afinal, o DIU de Cobre causa a endometriose?


Um dos fatores de riscos para a endometriose é a alteração no útero. Não existe, por sua vez, uma relação direta do uso de DIU de Cobre com o surgimento da doença. Isso porque as causas são multifatoriais e ainda não se sabe por completo seu mecanismo patológico. Além disso, o dispositivo intrauterino está fora da lista dos fatores de riscos.

O maior medo das mulheres ao usar método contraceptivos, entre eles o DIU de Cobre, é a possibilidade de infertilidade. No entanto, já desvendamos esse mito neste artigo. Em outro texto, explicamos que após tirar o dispositivo é muito fácil engravidar.

linha

Relacionados

linha