Endometriose: O Que É?  O DIU de Cobre é Agente Causador?
Saúde da Mulher

Endometriose: O Que É?  O DIU de Cobre é Agente Causador?

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter

A endometriose, sua formação, principais causas, problemas que acarreta e tratamentos mais indicados estão entre as dúvidas mais frequentes nos consultórios médicos. Para falar sobre essa importante patologia feminina, e dissociar o DIU de cobre e a endometriose, a ginecologista-obstetra, Débora Tonetti e Souza traz o Bê a Bá do assunto.

Segundo a Associação Brasileira de Endometriose, a infertilidade está presente em 40% das mulheres com endometriose. De acordo com a ANVISA, sua prevalência é estimada em 10% da população brasileira feminina, em idade reprodutiva de 25 a 35 anos. Daí, sua importância.

Mas afinal, o que é a endometriose? Para se entender a doença, antes é preciso saber o que é endométrio. Trata-se da camada interna do útero que se prolifera pela ação dos hormônios, todo mês. Caso a mulher não engravide, essa camada descama e ocorre a menstruação.  E a endometriose é a presença de tecido endometrial fora do útero, ou seja, fora do lugar onde ele deveria estar.

Você deve estar se perguntando como isso é possível? Trocando em miúdos: a menstruação, normalmente, é exteriorizada pela vagina.  Porém, em algumas mulheres, ocorre o que chamamos de menstruação retrógrada. Consiste no percurso inverso do sangue, ou seja, ao invés dele seguir o caminho natural da região genital, ele passa pelas tubas e cai na cavidade abdominal.

Como se forma? Quais as causas? Não se sabe ao certo as causas da endometriose. A menstruação retrógrada é uma das teorias que explicaria essa doença. Além disso, existem outras causas como, por exemplo, fatores imunológicos e o estresse.

O DIU de cobre interfere ou propicia a formação da endometriose? Não. De maneira alguma. O DIU não vai causar endometriose. Como falei anteriormente, as causas são multifatoriais e ainda não se sabe por completo seu mecanismo patológico. O fato é que o uso do dispositivo intrauterino de cobre não está entre elas.

Quais os problemas associados à doença, as consequências? Os grandes problemas que envolvem a endometriose são as fibroses e a inflamação que esse tecido causa devido às ações dos hormônios, todo mês. Os principais sintomas da endometriose são a dor, principalmente durante a menstruação, na relação sexual. O principal problema que pode causar é a infertilidade, devido a fatores obstrutivos e inflamatórios.

E qual o tratamento mais indicado? Um dos tratamentos da endometriose é cessar a menstruação. Aquela mulher que não menstrua vai diminuir significativamente a atividade da endometriose e evitar que ela progrida.

Para saber mais, consulte seu ginecologista.

Débora Tonetti e Souza é ginecologia-obstetra. CRM 167355

Clinica do Dr José Bento

linha

Relacionados

linha