DIU de Cobre X Hormonal: qual é o melhor?
DIU de cobre

DIU de Cobre X Hormonal: qual é o melhor?

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter

Já é comprovado que o DIU (dispositivo intrauterino) é um dos melhores métodos contraceptivos da atualidade. Em contrapartida, as mulheres ficam em dúvida qual tipo: DIU de Cobre (tipo Optima) ou DIU Hormonal (tipo Mirena), é o melhor? Embora tenham o mesmo objetivo - evitar que o óvulo seja fecundado, possuem muitas diferenças.

Por essa razão, reunimos as principais diferenças entre DIU de Cobre e DIU Hormonal para que, a partir disso, você possa escolher o melhor.

As diferenças entre DIU de Cobre e DIU Hormonal:


A principal diferença entre os dois está na liberação de hormônios.

O DIU Hormonal tem sua ação de contracepção liberando gradativamente pequenas quantidades do hormônio Levonorgestrel que previne a gravidez através do controle do desenvolvimento da camada de revestimento do útero (endométrio) de forma que esta não fique suficientemente espessa para possibilitar gravidez. Além disso, promove o espessamento do muco normal no canal cervical (abertura para o útero), de forma que o espermatozoide encontre dificuldade para entrar no útero e fertilizar o óvulo. O levonorgestrel também afeta o movimento do espermatozoide dentro do útero.

Já o DIU de Cobre, por sua vez, age de forma diferente: libera íons de cobre que imobilizam o esperma e dificultam bastante a sua motilidade em torno do útero, mas não impedem os ovários de liberarem um óvulo por mês. Na rara ocasião em que um espermatozoide consegue ultrapassar essa barreira, o cobre também impede a implantação do ovo fecundado na parede do útero. O DIU de Cobre, depois de colocado no útero, pode permanecer no lugar por até 5 ou 10 anos (dependendo do tipo) ou até você decidir retirá-lo.

Geralmente, as mulheres abandonam as pílulas anticoncepcionais justamente pelos efeitos colaterais dos hormônios liberados, o que torna o DIU hormonal, nesse caso, pouco vantajoso.

As demais diferenças estão no começo da ação e o tempo de uso.

Após a colocação, o DIU de Cobre começa a agir imediatamente, enquanto o DIU de hormônio pode levar algumas semanas.

Quanto ao tempo de uso, as mulheres com DIU de Cobre podem permanecer com o dispositivo em forma de “T” por até dez anos. O DIU de hormônio, no entanto, limita o uso na metade desse tempo.

Qual é o melhor DIU?


A partir dessas diferenças a escolha de qual melhor DIU para o seu caso dependerá de uma conversa com o ginecologista. Diante do incômodo das mulheres quanto aos efeitos das pílulas anticoncepcionais, o DIU de Cobre torna-se, neste contexto, a escolha com mais benefícios. Conheça as principais vantagens. Cabe lembrar que o DIU não substitui o uso dos preservativos para prevenir Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs). Use camisinhas masculinas ou femininas.

linha

Relacionados

linha