O que o corrimento vaginal está querendo dizer para você?
Saúde da Mulher

O que o corrimento vaginal está querendo dizer para você?

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter

Qual mulher nunca se preocupou com o aparecimento de um corrimento vaginal? Difícil encontrar alguma, né?!

O surgimento dessas secreções está ligado a doenças e infecções geradas por fungos ou bactérias, e elas só aparecem para avisar que algo está errado com nosso corpo.  Identificados rapidamente, eles ajudam para que o tratamento aconteça de forma rápida e eficaz.

Mas, se você está achando que esse tipo de problema é um bicho de sete cabeças e que só você sofre com isso, não se preocupe!

Com algumas dicas a gente te ajuda a identificar esse inimigo das calcinhas!

A cor diz muito 


Os corrimentos costumam apresentar as mais diversas colorações e, de acordo com cada uma, é possível ter uma ideia de qual doença está gerando o desconforto.

Eles podem ser brancos, amarelos, verdes, marrons e até mesmo vermelhos, indicando uma infinidade de doenças ginecológicas como a Candidíase, Tricomoníase, Gonorréia, entre outras.

Por isso, se o seu corrimento apresenta alguns desses tons, vale a pena ficar de olho!

Toque!


Não tenha nojo do seu corpo! Uma das melhores formas para entender o que está acontecendo é tocando a secreção e sentindo a espessura dela. Sabe por que?

Os corrimentos infecciosos costumam ter aspecto grosso, pegajoso e pastoso, quase como uma pomada de assaduras.

O mau cheiro é o veredito


Na maior parte dos casos, os odores são identificados com mais facilidade, e podem gerar muito desconforto e constrangimento.

Quando isso acontece, o cheiro que é sentido se parece muito com o de peixe estragado, e costuma permanecer na região íntima mesmo após o banho.

Se o cheiro ruim estiver presente, não exite em procurar um médico.

Muco cervical


Se o que aparece na sua calcinha não se encaixa com as características que a gente mencionou ali em cima, pode ficar tranquila! Isso porque, boa parte das mulheres, desconhece a existência do que chamamos de muco cervical.

Esse tipo de secreção aparece durante as fases do ciclo menstrual, e podem indicar fertilidade e a ausência dela também.

Por exemplo, se notar uma espessura aquosa, sem cheiro e parecida com uma clara de ovo, provavelmente está em seu período de ovulação; já pastoso, claro (amarelo bem claro)  e sem odor, indica uma menstruação em breve.

Sabendo disso, você vai poder acompanhar os sinais do seu corpo sem se preocupar desnecessariamente.

Ficar de olho na calcinha é a forma mais eficiente de saber o que seu corpo está querendo dizer, então, não se esqueça disso na próxima vez que for ao banheiro!

Nos vemos na próxima semana, sempre com dicas imperdíveis sobre saúde feminina!

Até lá ;)

linha

Relacionados

linha