Métodos contraceptivos e dores de cabeça: as vantagens do DIU de Cobre
DIU de cobre

Métodos contraceptivos e dores de cabeça: as vantagens do DIU de Cobre

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter

A escolha do método contraceptivo, camisinha, pilulas ou DIU de cobre, ideal para cada mulher é uma decisão que deve levar em conta uma série de fatores, englobando desde a segurança e efetividade do método até seus possíveis efeitos colaterais, como indisposições, cólicas e dores de cabeça.

As dores de cabeça, talvez um dos incômodos mais frequentes entre as mulheres, podem se originar de diversas fontes, como por exemplo do período pré-menstrual, do cansaço resultante de muitas horas em frente a uma tela de computador, do estresse do dia-a-dia, da má alimentação, da falta de exercícios físicos, de alterações hormonais, dentre tantas outras possibilidades.

Dentro desse imenso universo de possíveis origens, uma das causas mais frequentes das dores de cabeça - relatada por diversas mulheres-, é a decorrente do uso de métodos contraceptivos hormonais, como as pílulas anticoncepcionais, por exemplo.

Pílulas anticoncepcionais e seus possíveis efeitos secundários


Apesar de existirem diversas marcas no mercado, as pílulas anticoncepcionais basicamente seguem o mesmo princípio de funcionamento: liberam doses regulares de hormônios, geralmente de progesterona e do estrogênio sintéticos, capazes de inibir a ovulação e reduzir a dilatação uterina.

O uso de anticoncepcionais hormonais além de muitas vezes causar dores de cabeça, também pode estar associado a outros efeitos secundários, como náuseas, vômitos e mal-estar gástrico, tonturas, dor mamária, alterações de humor e manchas escuras no rosto (cloasma) e outros.

Além das dores de cabeça e dos demais efeitos colaterais que acometem algumas das mulheres que utilizam as pílulas anticoncepcionais, em alguns casos, há o aumento do risco da ocorrência de tromboses.

Desta forma, na busca por método contraceptivos com menores efeitos colaterais, o dispositivo intrauterino de cobre, conhecido como DIU de Cobre, mostra-se como uma interessante alternativa.

DIU de Cobre: método anticoncepcional livre de hormônios


Como o DIU de Cobre não utiliza hormônios, este método contraceptivo não trabalha de forma a alterar a dinâmica corporal de suas usuárias, o que ajuda a reduzir a incidência de dores de cabeça originadas do uso contínuo de contraceptivos hormonais.

O DIU de Cobre funciona como uma barreira física que evita o contato do espermatozoide com o óvulo, impedindo a fecundação. Além do mais, o cobre presente no DIU funciona como uma espécie de espermicida, que impede que o espermatozoide se movimente dentro do útero.

A escolha por um método contraceptivo livre de hormônios, como o DIU de Cobre, apesar de em alguns casos aumentar o fluxo menstrual nos primeiros meses após a sua colocação, tende a evitar muitos dos efeitos colaterais advindos do uso das pílulas.

Procure um médico ginecologista


Procurar um médico para investigar as reais causas das dores de cabeça é um passo de extrema importância para, de fato verificar, se essas dores decorrem ou não do uso de anticoncepcionais hormonais.

Em caso afirmativo, uma boa conversa com um médico ginecologista de confiança a respeito da inserção do DIU de Cobre será de extrema valia para que a melhor decisão a respeito da escolha do método contraceptivo mais adequado a cada caso seja tomada.

Quer saber mais sobre o DIU de Cobre? Clique aqui!

linha

Relacionados

linha