Como colocar o DIU de Cobre?
DIU de cobre

Como colocar o DIU de Cobre?

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter

Ao decidir colocar o DIU de Cobre, surgem infinitas dúvidas quanto aos procedimentos médicos que se seguem.
Mas calma, não precisa ter medo!
Vamos te explicar todo o processo para a inserção do DIU de Cobre e tirar de vez todas essas dúvidas e receios.
Combinado? 

Exames antecedem a inserção do DIU


Ao manifestar seu interesse em colocar o DIU de Cobre, é esperado que seu médico ginecologista exija alguns exames para constatar se esse é um bom método para você.
São feitos exames para constatar possíveis malformações e também para definir o tamanho do útero e, assim, fazer uma aplicação correta.
Lembre-se que mulheres possuem biotipos diferente e que, por isso, esses exames são essenciais para que a sua inserção do DIU de Cobre dê certo. 

Como é inserido o DIU de Cobre


A inserção é feita no consultório do médico que aplicará o DIU e pode gerar certo incômodo na mulher, que é passageiro.
É preciso que haja uma higienização do colo do útero e também do tudo de aplicação.
Depois disso, o DIU é inserido com o auxílio do tubo pelo canal vaginal até chegar ao útero, onde é fixado.
O procedimento é rápido e o desconforto é suportável, sem que haja a necessidade do uso de substâncias anestésicas.
Você poderá ir embora para casa logo em seguida 😉.

Acompanhamento após a inserção


Depois de uma semana da inserção é preciso refazer exames ginecológicos e/ou de imagem. Assim, conseguirá constatar se o seu DIU de Cobre está no lugar correto.
Quando a adaptação com o dispositivo estiver completa, será preciso fazer retornos esporádicos ao seu ginecologista para conferir se está tudo certo. Vale lembrar que o intervalo entre as consultas é definido pelo médico, mas recomenda-se ao menos um retorno por semestre.
Você também poderá realizar o autoexame em casa. Basta flexionar os joelhos, e inserir o dedo médio na cavidade vaginal até chegar ao colo do útero (a sensação é similar ao tocar a ponta de um nariz). Com delicadeza, encontre as cordinhas do DIU; se consegue tocá-las, ele está posicionado corretamente.
Mas lembre-se: ao fazer o autoexame não puxe e nem mova as cordinhas! Você deve apenas tocá-las. 

Seguindo todas as orientações desse passo a passo, seu DIU de Cobre permanecerá por até 10 anos te oferecendo uma excelente contracepção!
Caso tenha outras dúvidas, busque nossas redes sociais e vamos adorar respondê-las.

Nos vemos na próxima semana 😘

linha

Relacionados

linha