Palavra do Especialista

O DIU de cobre impede a realização de tratamentos estéticos?

As roupas encurtam. Os trajes de banho ganham destaque. As praias e as piscinas convidam. E as mulheres perguntam, quais tratamentos estéticos dão resultado ainda para este verão? O DIU de Cobre interfere ou impede que eles sejam realizados?

De acordo com a dermatologista Cláudia Peres, a tecnologia proporciona uma gama muito variada de opções. Grande parte é totalmente compatível com o DIU de Cobre e não existe carência, ou seja, tempo de espera para quem acabou de colocar o Dispositivo Intrauterino. Confira os procedimentos totalmente seguros para as mulheres que possuem DIU de Cobre e mergulhe no verão.

Ondas acústicas 


Trata a celulite do abdômen, das coxas e do bumbum, por meio de vibrações acústicas transmitidas pela ação de um aparelho posicionado sobre a pele.

As aplicações duram cerca de 10 minutos. São necessárias, no mínimo seis e no máximo dez sessões, com intervalos de 48 horas entre elas, para que os primeiros resultados sejam visíveis.

Criolipólise 


Acaba com a gordura localizada (pneuzinhos, barriga). Atua no congelamento das células de gordura com a colocação do aparelho específico na superfície da pele.  É considerada a lipoaspiração, sem cirurgia. Não é indicado para tratamento de sobrepeso ou de obesidade e sim para quem tem a gordura localizada.

Em uma sessão já é possível perceber alguma diminuição na circunferência do abdômen, do contorno da silhueta, e assim por diante. Mas, é mais comum a realização de mais sessões, duas ou três. O resultado é a eliminação de 30% da gordura localizada com um efeito progressivo, que atinge o resultado máximo três meses após sua realização.

Drenagem Linfática 


Combate o inchaço obtido pela retenção de líquido e a celulite, além de ativar a circulação sanguínea e proporcionar relaxamento corporal. Trata-se de uma massagem manual realizada no sentido dos vasos linfáticos, rumo ao gânglio e tem o propósito de retirar a linfa aprisionada entre as células.

O número de sessões deve ser frequente, geralmente de uma a três vezes, por semana. A massagem precisa ser regular para que a retenção não retorne. O procedimento manual pode ser auxiliado por aparelhos como a endermologia com mecanismos de vácuo e rolamento.

Microagulhamento sem radiofrequência


É indicado para tratar flacidez nos braços, pernas e barriga e estrias. A sessão acontece por meio de um aparelhoo com microagulhas que penetram na pele a 3mm para atuar no estímulo da produção de colágeno, elastina e na restauração da pele.

O grau de flacidez irá determinar o número de sessões necessárias. Mas, é possível notar um resultado satisfatório na quarta aplicação. É recomendável um intervalo de seis a oito semanas, entre elas, para a recuperação da pele.

Bioestimuladores


 outra opção para celulite, flacidez e contorno do bumbum. O procedimento estimula a produção de colágeno, por meio do uso injetado do ácido polilático ou hidroxiapatita de cálcio.

Com três sessões os resultados já são bem perceptíveis.

Injeções de enzima para queima de gordura e combate à flacidez


São aplicadas, de forma subcutânea, na região em que se pretende eliminar a gordura. A enzima proporciona a quebra de moléculas de gordura do local onde é injetada.

A partir da quinta sessão as diferenças são perceptíveis. É prevista eliminação de gordura compatível com a medida de 5 cm.

IMPORTANTE: Todos os procedimentos estéticos que aumentam a temperatura corporal são terminantemente proibidos para quem possui o DIU de Cobre. O aquecimento do DIU de Cobre, provocado por altas temperaturas da região abdominal, pode levar a cauterizações e/ou cicatrizes indesejadas no útero, pelo aquecimento do metal em contato com a parede interna do útero.  Entre os métodos contraindicados estão: manta térmica, radiofrequência, ultrassom macrofocado, entre outros.

Para saber mais, consulte seu dermatologista.

Cláudia Peres é dermatologista, especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Cirurgia Dermatológica. CRM: 101029/RQE*: 51888

*Registro de Qualificação e Especialista

@draclaudiaperes

www.facebook.com/clinicaclaudiaperes/

Relacionados