Palavra do Especialista

Exercícios físicos e DIU de Cobre: quais são os cuidados após a colocação?

Não há necessidade de repouso ou mudança na rotina, após a colocação do DIU de Cobre. É o que diz o consenso médico descrito no Manual da Contracepção, publicado pela Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade. De acordo com o Manual, após a colocação do DIU de Cobre, a mulher está apta para voltar à sua rotina.

Há ponderações quanto aos efeitos esperados, alguns dias após a colocação, e os cuidados constantes para verificar se houve ou não deslocamento do Dispositivo. Saiba quais medidas garantem mais segurança para a mulher com o DIU de Cobre na prática de atividades físicas, de acordo com a ginecologista-obstetra, Dra. Cláudia Takano.

Há indicação de repouso ou alguma restrição física?


É recomendável que a mulher seja informada sobre dor abdominal transitória, durante a colocação e nas primeiras horas após a colocação.

A prática de atividade pode piorar a dor?


No início do treino, ou antes de iniciar a atividade, muitas vezes a indisposição é muito grande, devido à cólica. Passados alguns minutos, é perceptível a melhora gradativa da dor. Isso acontece, devido ao aumento da circulação sanguínea, inclusive na região abdominal. E a cólica se dá por falta de circulação na região do útero.
Outro fator está relacionado à liberação de endorfina, a partir da atividade física. O hormônio é considerado um analgésico natural.

Como certificar-se de que o DIU não sofreu deslocamento, após atividade física?


É recomendável que a mulher retorne ao médico para consulta de avaliação de 3 a 6 semanas, após a colocação do DIU. A partir daí, é importante a realização anual de exame para essa verificação. Dor pélvica, sangramento irregular ou aumentado e corrimento são outros sintomas que merecem verificação do ginecologista.

Para saber mais, consulte seu médico.

Claudia C. Takano é ginecologista-obstetra, Mestre e Doutora pela Escola Paulista de Medicina, Unifesp. CRM: 77181

Relacionados