DIU de cobre

Deslocamento do DIU de cobre

Uma crença muito comum entre muitas mulheres é que o DIU de cobre precisa ser controlado frequentemente, que “anda” pelo corpo, ou que precisa ser trocado em pouco tempo.

É importante esclarecer que, uma vez colocado, é recomendável que a mulher retorne ao seu médico de confiança para certificar que os fios do mesmo não estejam saindo pelo colo, principalmente nos primeiros meses, já que as expulsões ocorrem normalmente nos primeiros 4 meses após a inserção. Se detectada a expulsão, não é preciso se preocupar: um novo DIU de cobre pode ser inserido novamente.

Além disso, apenas um controle anual é recomendável, como qualquer outro método pede. Outro mito é que o DIU de cobre pode se deslocar facilmente. Segundo o ginecologista Dr. Luis Guillermo Bahamondes,isso não ocorre se o mesmo for bem colocado na cavidade uterina, e que em apenas 3% dos casos existe essa rejeição;97% dos DIUs colocados permanecem no útero sem nenhum problema.

Sua duração é comprovada e ele precisa ser trocado apenas 10 anos após o uso, podendo ser retirado a qualquer momento pelo desejo da mulher, que a partir disso poderá engravidar sem quaisquer problemas relacionados ao DIU de cobre.

Curta nossa página no Facebook, e entenda melhor sobre Saúde Feminina.

*Texto com curadoria de Dr. Luis Guillermo Bahamondes.

Relacionados